Como_sacar_dinheiro_das_casas_de_apostas_online_3

Nesse artigo vamos nos focar nos diferentes métodos de saque na hora de fazer uma aposta. Jogadores podem optar por inúmeras maneiras de sacar dinheiro das casas de apostas. Jogar pode ser uma prática apaixonante, principalmente, quando se faz com algo em troca. Assim, quando isso acontece, além de se divertir, o apostador ainda tem a possibilidade de ganhar algum dinheiro. E essa é, para muitos, a melhor hora; a de retirar o lucro vindo dessa atividade. Como sacar dinheiro das casas de apostas? Acompanhe e confira.

A emoção de ser contemplado só não é maior do que botar a mão nesse prêmio. Por isso, essa é uma das primeiras coisas que o iniciante procura saber: como é que faço para sacar o dinheiro? Geralmente, os sites explicam as formas que existem de realizar essa operação, mas quando isso não estiver claro, a dica é acionar o suporte. Por isso é tão importante verificar o roll-over do site escolhido, assim como as vias de acesso ao atendimento.

No início, quando as apostas esportivas se tornaram populares no Brasil, o processo era simples. O jogador retirava o seu lucro da mesma forma que investiu. O que isso quer dizer? Se o apostador depositar por uma carteira virtual, só poderá sacar do mesmo modo. No entanto, se o modelo escolhido for o de boleto bancário, vai poder sacar transferência bancária. Na verdade, a lógica ainda continua funcionando assim em casas de jogos físicas, com algumas mudanças sutis. Já as casas online podem ter métodos diferenciados a depender das possibilidades de cada uma.

Como_sacar_dinheiro_das_casas_de_apostas_online_7

Confira como sacar dinheiro das casas de apostas online

Métodos mais comuns de sacar dinheiro das casas de apostas

Quais os métodos para sacar dinheiro das casas de apostas? Acompanhe e fique sabendo dos métodos de pagamento mais comuns em casas de apostas. A priori trazemos 3 das formas mais utilizadas como forma de pagamento nas casas de apostas e, portanto de sacar dinheiro das casas de apostas, confira:

  • A forma de pagamento mais comum entre os apostadores brasileiros é o boleto bancário, mas então seria possível sacar por esse método? Como se trata de um depósito a vista, similar ao feito com dinheiro vivo, as casas de apostas costumam utilizar a transferência bancária para esse tipo de saque;
  • Outro tipo de saque, que acaba sendo mais complicado para o apostador brasileiro é aquele feito por meio do cartão de crédito. Em regra, o depósito é considerado o método de pagamento mais fácil e rápido desses sites, especialmente se comparado ao saque, que é um processo muito mais burocrático. Pensando nisso, e para evitar esse tipo de dor de cabeça, foi que as casa de jogos criaram esta nova modalidade de carteira virtual;

Aliás, a carteira virtual foi um método muito usado nas apostas esportivas em sites online no Brasil, no período em que o jogo se popularizou. As Neteller e Skrill eram as carteiras mais conhecidas da época. As duas continham um cartão pré-pago internacional que permitia a utilização dos lucros sem a necessidade de fazer a transferência para a conta bancária.

O mais interessante para o jogador, no entanto, era o fato de ter os lucros pagos em poucos minutos. Embora a notícia ruim é que esse modelo foi extinto no Brasil. Nos locais que ainda existem, as carteiras virtuais são usadas apenas para depósito, tendo seu saque feito por transferência bancária.

Qual o momento certo para sacar dinheiro das casas de apostas

Você sabe qual o momento para sacar dinheiro das casas de apostas? A melhor hora para sacar o dinheiro resultante das suas apostas de casas de a postas vai depender da forma em que você como jogador gerencia sua a própria banca. As fórmulas são muitas. Certamente, o saque pode ser feito quando surgirem os lucros, isto é; quando o cliente juntar a quantia necessária para realizar um saque ou por período: semana ou mês.

O mais importante é encontrar uma forma que mantenha sempre o apostador estimulado a continuar jogando, ao ver os ganhos reais das apostas, e perceber que está cada vez mais experiente no jogo. Essa escolha vai depender do perfil e do estilo de cada jogador e principalmente da sua forma de administrar depósitos e lucros.

Situação atual das apostas no Brasil

Certamente, as carteiras virtuais muito populares até pouco tempo atrás, foram substituídas pela predominância da transferência bancária. Assim, todas as casas de apostas oferecem um bom serviço para depósito e saque por esse método. O melhor dessa opção é o fato de os apostadores serem pagos em, no máximo, 3 dias uteis.

Como_sacar_dinheiro_das_casas_de_apostas_online_8

Entenda como sacar dinheiro das casas de apostas online

Porém, a maioria das casas de apostas, realizam essa transferência no dia seguinte ao do pedido de saque. Por tanto, se houver alguma urgência nessa retirada o aconselhável é que o jogador solicite a transferência antecipadamente. E, considerando os dias úteis e feriados no meio. Assim, vale a pena analisar, antes mesmo de iniciar o jogo, o método que melhor se encaixa no perfil do jogador e qual será sua maneira de gerenciar a sua banca.

Concluindo

Como já dito em artigos anteriores, estamos em pleno processo de regulamentação de apostas no Brasil. Até agora, a proposta apresentada mostra alíquotas do 30% para quem aposta e quem gere jogatinas. Isto quer dizer que apostadores e casas de apostas deverão pagar essa porcentagem ganhando ou perdendo a aposta.

Assim, as apostas terão muitas dificuldades para serem rentáveis no Brasil. Segundo artigo publicado em Games Magazine Brazil nessa segunda-feira (9/3/2020), ainda a estrutura para outorgar permissão para o funcionamento de casas de apostas é defeituosa. Segundo publicado no site citado, a data limite da consulta pública lançada pelo Ministério da Economia para a nova lei de apostas esportivas foi na última sexta-feira, dia 6. Parte do grande grupo sueco Betsson, e da marca brasileira Suaposta, do empresário André Gelfi, enviou suas opiniões sobre o assunto.

O advogado especializado em direito administrativo e contratado pela firma, Caio de Souza Loureiro disse o seguinte: “É difícil cogitar os critérios escolhidos para limitar os operadores a 30 empresas”. Convém esperar e celebrar a permeabilidade da legislação criada para ela ser modificada e aprimorada. Dessa foram, caso o resultado inicial não estiver adequado, seja modificado para a sua melhor adaptação a legislação e ao mercado brasileiro. Acompanhe e confira as novidades.